Se inscreva para receber mais conteúdos relevantes, como este, sobre o universo infantil.

Falando com as crianças sobre o Corona Virus

13/03/2020Saúde
Falando com as crianças sobre o Corona Virus

Compartilhe:

“As crianças se preocupam mais quando elas ficam no escuro”

As notícias sobre o vírus COVID-19 estão em todos os lugares. Muitos Pais estão preocupados em como trazer a notícia de uma eventual epidemia, de uma forma que seja tranqüilizadora e não deixem as crianças mais preocupadas do que elas possam estar. Aqui vai alguns conselhos que os “experts” do Instituto Child Mind orientam a seguir:

Aqui vai alguns conselhos que os “experts” do Instituto Child Mind orientam a seguir:

    1)Não tenha medo de falar sobre o Corona vírus. A maioria das crianças já devem ter ouvido falar sobre ele e até visto pessoas usando mascaras, então não se deve evitar falar sobre o vírus. Não falar sobre alguma coisa, normalmente deixa as crianças mais preocupadas. Veja a conversa como uma oportunidade de transmitir os fatos e alinhar as emoções. “Você toma conhecimento das notícias e você é aquela pessoas que faz o filtro para as crianças”, explica a PhD Jasmine Domingues especializada em psicologia infantil. Seu objetivo deve ser o de ajudar a criança se sentir informada e ter fatos baseados em informações que sejam mais prováveis de tranqüilizá-las do que qualquer coisa que tenham ouvido dos amigos ou da televisão.

    2)Transmita conhecimento apropriado. Não se candidate a passar muita informação, pois isso pode ser desanimador. Em vez disso, tente responder às perguntas delas. De o seu melhor para dar uma resposta honesta e clara. Tranqüilo se você não consegue ter respostas para tudo. Estar disponível para as crianças é o que importa.

    3)Pegue dicas da criança.Convide-a a lhe contar tudo o que ela tem ouvido sobre o corona vírus e como ela se sente. De a ela uma ampla oportunidade de fazer perguntas. Você precisa estar preparado para respostas (não de imediato). Seu objetivo é evitar estímulos a fantasias assustadoras.

    4)Lide com sua ansiedade. “Se você se sente ansioso ou apavorado, esta não é a melhor hora para falar com as crianças”, alerta Dr. Domingues. Se você notar que está se sentindo ansioso(a), tire o tempo que achar necessário para se acalmar antes de tentar conversar com a criança ou responder às perguntas dela.

    5)Seja tranqüilizador(a). As crianças são muito egocêntricas, então ouvir sobre o Corona vírus no noticiário já pode ser o bastante para torná-las seriamente preocupadas em pegar o vírus. É importante tranqüilizá-la do fato de como este vírus é incomum atualmente (um vírus da gripe é mais comum) e que as crianças de hoje terão os menores sintomas.

    6)Foque no que você está fazendo para estar seguro. Um importante modo de tranqüilizar as crianças é enfatizar as precauções de segurança que você está tomando. PhD Jamie Howard especialista em psicologia infantil relata que “As crianças se sentem mais capazes quando elas sabem o que fazer para se manter segura”. Nós sabemos que o vírus é transmitido na maioria dos casos por contato ou pelo ar quando uma pessoa tossiu. As recomendações do CDC - Centro de Doenças, Controle e Prevenção são para lavar sempre as mãos como primeiro passo para estar saudável. Então lembre a criança que ela estará se mantendo segura ao lavar as mãos com sabonete e água quando eles chegam da rua, antes de comer e após assoar o nariz, tossir, espirrar e usar o banheiro. Se a criança questionar sobre uso de mascara, diga a ela que o CDC orienta que o uso delas não é necessário para a maioria das pessoas. Quando elas virem pessoas usando máscaras diga a ela que estas pessoas estão tendo uma precaução maior.

    7)Mantenha a rotina.“Nós não gostamos de incertezas, então se mantenha focado nas rotinas e prevenções que serão úteis no momento” orienta Dr. Domingues. Isto é importante caso a escola da sua criança feche. Tenha certeza de que está tendo os cuidados básicos assim como você teria durante um período de férias. Organizar os dias com horários para as refeições e dormir são essenciais para manter as crianças alegres e saudáveis.

    8)Mantenha contato. Fale para as crianças que você continuará mantendo-as informadas para que elas aprendam mais. “Faça com que elas saibam que a linha de comunicação estará aberta” diz Dr. Domingues. Você pode dizer: “mesmo que não tenhamos respostas para tudo neste momento, saiba que assim que o Papai e a Mamãe souberem de mais coisas, nós contaremos para você”.

FONTE: https://childmind.org/article/talking-to-kids-about-the-coronavirus

Um texto de Rachel Ehmke

Tradução: Carlos Eduardo de Lima

Deixe seu comentário:

Postagens relacionadas

Se inscreva para receber mais conteúdos relevantes, como este, sobre o universo infantil.
Tenha uma franquia Tenha um Funny Hair
Encontre a loja mais próxima